Libertadores - Fluminense 2 x 1 Internacional

Pela Libertadores Fluminense 2 x 1 Internacional
O Fluminense é o quarto brasileiro classificado para as quartas de final da Copa Santander Libertadores. Nesta quinta-feira, jogando no Estádio do Engenhão, o time do técnico Abel Braga derrotou o Internacional por 2 a 1, de virada, e garantiu passagem à próxima fase. Agora, volta a enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, por uma vaga entre os quatro melhores times da competição sul-americana.

No confronto de ida contra o Inter, os times empataram sem gols, adiando a definição para esta quinta. O Inter contou com boas chances criadas por Dátolo, Oscar e Leandro Damião, e chegou a ter em mãos até mesmo um empate que o classificava. No entanto, graças à redenção de Leandro Euzébio, às faltas precisas de Thiago Neves e ao oportunismo de Fred, o Fluminense virou e passou para a próxima fase.

Os tricolores agora voltam a jogar contra o Boca Juniors pelas quartas de final na próxima quarta, 16 de maio, fora de casa. Na primeira fase, o Fluminense chegou a vencer em Buenos Aires, por 2 a 1, mas foi derrotado no Rio de Janeiro por 2 a 0 - placares que, no agregado, classificariam os argentinos caso o duelo fosse válido pelo mata-mata.

Apesar do início de jogo disputado desta quinta, foi o Inter que abriu o placar, em lance aparentemente despretensioso, aos 13min do primeiro tempo. Após um chutão da defesa, Damião recebeu na frente e fez o pivô para Oscar; o jovem meia recebeu atrás e devolveu para o atacante, que aproveitou o escorregão de Leandro Euzébio, girou na entrada da área e chutou rasteiro, no canto do goleiro Diego Cavalieri: 1 a 0.

A torcida nas arquibancadas do Engenhão passou a vaiar o zagueiro tricolor, mas a resposta veio rápida: dois minutos depois, Thiago Neves levantou falta na área pela direita, e o defensor desviou de cabeça, vencendo Muriel. A partir daí, o time carioca passou a dominar o jogo, trocando passes no ataque, mas sem conseguir criar reais chances de gol para virar.

O Inter tentava reagir, e quase fez 2 a 1 aos 28min, em arrancada que Oscar bateu por cima. De quebra, cinco minutos mais tarde, Dátolo aproveitou a saída errada e chutou forte, parando em Cavalieri. O Fluminense reagiu aos 37min, em chute de Rafael Sobis da esquerda da área que Muriel defendeu no ângulo.



Quando o primeiro tempo parecia fadado ao empate, o Fluminense finalmente fez valer seu domínio técnico e virou, com Fred, em mais uma bola parada de Thiago Neves pela direita - desta vez, aos 45min, o camisa 9 subiu mais alto que a zaga e também desviou de cabeça. Com vantagem, o time da casa conseguiu manter o jogo truncado na segunda etapa.

O Inter tentou reagir, colocando Jajá na vaga de Dátolo e Dagoberto no posto de Guiñazu. No Fluminense, Fred e Deco deixaram o campo por questões físicas. E mesmo com importantes baixas, foram os anfitriões quem quase chegaram ao terceiro gol, em mais uma falta precisa de Thiago Neves - desta vez, aos 30min, o meia mandou a bola na trave de Muriel e perdeu a chance de definir. Daí para frente, com o Flu retrancado, o Inter sufocou.

E não faltaram chances, com Dagoberto aos 37min e Jajá aos 41min. Mas era o fim da linha para os gaúchos. Terminado o confronto no Estádio do Engenhão, Fluminense e Internacional voltam os pensamentos para as decisões dos respectivos campeonatos estaduais no domingo, às 16h (de Brasília). Em Porto Alegre, o Inter recebe o Caxias, após empate por 1 a 1 no Estádio Centenário. O Fluminense, por sua vez, encara o Botafogo no mesmo Engenhão, depois de ter goleado na primeira partida por 4 a 1.

FLUMINENSE 2 x 1 INTERNACIONAL

Gols
FLUMINENSE: Leandro Euzébio, aos 15min do primeiro tempo; Fred, aos 45min do primeiro tempo
INTERNACIONAL: Leandro Damião, aos 13min do primeiro tempo

Escalações
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco (Valencia) e Thiago Neves; Rafael Sobis (Marcos Júnior) e Fred (Rafael Moura)
Treinador: Abel Braga

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Sandro Silva, Guiñazu (Dagoberto), Tinga (Jô) e Dátolo (Jajá); Oscar e Leandro Damião
Treinador: Dorival Júnior

Cartões amarelos
FLUMINENSE: Bruno, Carlinhos e Jean
INTERNACIONAL: Rodrigo Moledo e Índio

Árbitro : Wilson Luiz Seneme
Local : Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)